Informe Chapada

Informe Chapada


Médicos australianos transplantam corações parados

03.11.2014

Saúde

Médicos na Austrália, anunciaram que conseguiram transplantar corações que haviam deixado de bater, um avanço que pode revolucionar o mundo da doação de órgãos.

Até agora, os médicos utilizavam apenas corações que permaneciam com batimentos, procedentes de doadores com morte cerebral, mas cirurgiões do Hospital Saint Vicent's conseguiram desenvolver uma técnica para "ressuscitar" órgãos que estavam parados por até 20 minutos.

A nova técnica consiste em transferir o coração do doador a uma máquina portátil, na qual o órgão é mantido em uma solução de conservação onde, após ressuscitado, permanece aquecido até o transplante.

O diretor médico da unidade de transplantes explicou que "o uso de corações doados após a morte circulatória do paciente aumentará consideravelmente a disponibilidade destes órgãos para a realização de transplantes. É um grande avanço para reduzir a escassez de órgãos doados".

Até o momento, três pessoas receberam este tipo de transplante. Duas se recuperam com normalidade e uma permanece na unidade de terapia intensiva.

 

Prorrogação do prazo para fim dos lixões aprovada no Congresso será vetada

03.11.2014

Meio Ambiente

Foto:Ilustrativa

Os municípios poderão ter mais dois anos e contar com recursos federais para se adaptarem à Política Nacional de Resíduos Sólidos, a lei que, entre outras mudanças, prevê o fim dos lixões. A decisão foi anunciada  pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR) durante o debate da Medida Provisória (MP) 651/2014.

A medida trata de questões tributárias, mas veio da Câmara dos Deputados para o Senado com um artigo que joga de agosto deste ano para agosto de 2018, mas quatro anos, é um tempo considerado muito longo para um país que precisa urgentemente resolver o problema dos lixões.

Embora a MP tenha sido aprovada pelos senadores, o líder do governo, José Pimentel (PT-CE), avisou que a presidente Dilma Rousseff está decidida a vetar o artigo no momento de transformar o projeto em lei.

O adiamento é uma solução para contemplar as reivindicações dos municípios que afirmam não terem condições de cumprir o que determina a Lei 12.305/2010.

A maioria dos municípios não instalou ou tem dificuldades em instalar aterros sanitários para a destinação adequada dos resíduos sólidos.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais, só em 2013, das 76,3 milhões de toneladas de resíduos produzidos pela população, aproximadamente 32 milhões (42%) foram enviados para destinos inapropriados.

Fonte: Agência Senado

Ministério da Saúde realiza campanha de vacinação contra o sarampo e a paralisia infantil

02.11.2014

Saúde

Erasmo Salomão/MS

Para manter a erradicação da poliomielite e garantir a eliminação do sarampo no Brasil, o Ministério da Saúde lançou a Campanha Nacional de Vacinação, que terá início no dia 8 de Novembro. A expectativa do Ministério da Saúde é de que mais de 11 milhões de crianças sejam vacinadas até o dia 28 deste mês. Neste ano, o Dia D de Mobilização Nacional será realizado em dois momentos: no primeiro dia da campanha, 8 de novembro, e no dia 22. A meta é atingir a cobertura vacinal de 95% do público-alvo.

A vacinação contra a poliomielite responsável pela paralisia infantil, terá como população-alvo crianças de seis meses até menores de cinco anos. Já a vacina tríplice viral, destinada à vacinação contra sarampo, caxumba e rubéola, será aplicada em crianças de um ano a menores de cinco anos.

A vacina oral poliomielite (VOP) é segura e são raras as reações associadas ao seu uso nas duas primeiras doses do esquema básico. No entanto, é recomendada às Coordenações Estaduais de Imunizações a disponibilização da vacina inativada poliomielite (VIP), que é injetável, para as crianças acima de seis meses que estão com esquema vacinal atrasado.

Com a introdução da vacina inativada poliomielite (VIP) em 2012 substituindo estas duas primeiras doses, o risco é considerado baixíssimo. Quanto à vacina tríplice viral, são poucas as reações como febre ou dor no local da administração, sendo geralmente bem toleradas.

A poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave. Na maioria dos casos, a criança não vai a óbito quando infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia irreversível, principalmente nos membros inferiores. A doença é causada pelo poliovírus e a infecção se dá, principalmente, por via oral.

Aquecimento global: se não houver ação imediata, será tarde demais

02.11.2014

Meio Ambiente

Foto:Ilustrativa

 A síntese do 5º Relatório do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), divulgado hoje (2), em Copenhague, na Dinamarca, mostra que se não houver ação imediata das nações para frear o aquecimento global, em pouco tempo, não haverá muito o que fazer. “Se as taxas de emissão de gases de efeito estufa continuarem aumentando, os meios de adaptação não serão suficientes”, aponta o documento.

O relatório, elaborado com a participação de mais de 800 cientistas de 80 países, mostra que a emissão de gases de efeito estufa, responsável pelo aquecimento global, tem aumentado desde a era pré-industrial, como consequência do crescimento econômico e da população. De 2000 a 2010, indica o documento, as emissões foram as mais altas da história.

O derretimento das geleiras, em especial na Groelândia e na Antártida, geraram o aumento do nível do mar em 19 centímetros de 1991 a 2010.

O relatório enfatiza que, para frear as mudanças climáticas e gerenciar os seus riscos, é preciso que as nações promovam ações combinadas de mitigação e adaptação. “Reduções substanciais nas emissões de gases de efeito estufa nas próximas décadas podem diminuir os riscos das mudanças climáticas e melhorar a possibilidade de adaptação efetiva às condições existentes”. Os cientistas reconhecem, entretanto, que essas reduções demandarão mudanças tecnológicas, econômicas, sociais e institucionais consideráveis.

Para o secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Ban Ki-moon, que participou da apresentação do relatório, é preciso agir imediatamente. “O tempo não está a nosso favor. Vamos trabalhar juntos para construir um mundo mais sustentável. Vamos preservar o nosso planeta Terra e promover desenvolvimento de maneira sustentável”, disse.

Agência Brasil.

Rio de Contas: Festival da Primavera teve boa música e público recorde

02.11.2014

Educação

Foto: Informe Chapada

O 2° Festival da Primavera realizado no sábado (01) em Rio de Contas foi um sucesso, consagrando a festa no calendário de eventos da cidade.  Pista, area vip e camarotes ficaram lotados pelo público que foi prestigiar as apresentações de uma noite memorável.

O Riocontense Ely Pinto (cover de Raul Seixas) fez a abertura do Festival com uma brilhante interpretação das canções que eternizaram o pai do rock brasileiro. A filha de Ely, Anna Stella Lafetá, participou da apresentação revelando que o talento musical e a admiração por Raul Seixas estão presentes na família.

O Paraibano Zé Ramalho, principal atração do evento, mostrou porque é um grande ídolo da música popular brasileira: interagiu com o público, apresentou um repertório diversificado e foi acompanhado por um verdadeiro coral formado pelos fãs que cantaram durante todo o show.

A noite de Rock e MPB teve espaço ainda para o som sertanejo do cantor Danniel Vieira que encerrou o Festival em grande estilo deixando o público já na expectativa para o Festival 2015.

Projeto Sons Diamantinos em Rio de Contas

01.11.2014

Educação


O projeto Sons Diamantinos nasceu do encontro de dois músicos, pesquisadores interessados na arte da construção de instrumentos musicais tradicionais e da livre criação de objetos plástico/sonoros. 

 

 

Rio de Contas: neste sábado acontece o 2° Festival da Primavera

31.10.2014

Educação

A segunda edição do Festival da Primavera em Rio de Contas será realizada neste sábado (01/11). A estrutura especial montada na Praça do Landim - centro da cidade, já está pronta para receber o público que deve lotar o espaço dividido em camarotes, pista e área vip, para conferir as apresentações de Danniel Vieira, Ely Pinto (cover de Raul Seixas) e a grande atração da noite, o renomado cantor Zé Ramalho.

O horário previsto para início do Festival é 21:00h e quem ainda não adquiriu ingressos, pode procurar os pontos de venda e vendedores autorizados nas cidades de Rio de Contas e Livramento de Nossa Senhora.

 

Informe Chapada realiza Coquetel de Lançamento

30.10.2014

Educação

Na noite de quinta-feira, 30 de Outubro de 2014 o site Informe Chapada realizou um Coquetel de lançamento para apresentar ao público a proposta deste veículo de comunicação. O evento aconteceu no Clube Riocontense e contou com a presença de autoridades e empresários de Livramento de Nossa Senhora e Rio de Contas.

Durante o Coquetel, os convidados apreciaram vídeos com imagens de Rio de Contas e conheceram detalhes do site Informe Chapada. 

O cantor Paulinho Natureza garantiu a animação com um belo show de voz e violão.

 

 

 

 

Seja bem-vindo ao Informe Chapada

29.10.2014

Educação

Em 30 de Outubro de 2014 o Informe Chapada inicia os seus trabalhos dando boas-vindas a todos aqueles que buscam informações sobre Rio de Contas, Livramento de Nossa Senhora, Dom Basílio e demais cidades desta região que fazem parte da Chapada Diamantina.  

A partir desta data, os leitores irão acompanhar em nosso Portal, matérias diversas, com temas relacionados ao  turismo, ecologia, história, educação, esportes, saúde, eventos artísticos e culturais, dentre outras. 

O Informe Chapada agradece a sua visita!

Aproveite e curta a nossa Fan Page: 

https://www.facebook.com/informechapada

Retiradas de dinheiro da poupança batem novo recorde

30.11.1999

Saída de dinheiro da caderneta de poupança cai em março, mas ainda é recorde.De acordo com o Banco Central, no mês passado, as retiradas superaram os depósitos em 5 bilhões 370 milhões de reais. Com o resultado, a saída de recursos diminuiu em comparação com março de 2015 e também em relação a fevereiro. Mas, nos três  primeiros meses do ano, a fuga de dinheiro da poupança bateu recorde: ficou em 24 bilhões de reais. No mesmo trimestre do ano passado esse valor era de pouco mais de 23 bilhões.

A debandada da poupança é resultado da recessão no Brasil, com inflação, juros, desemprego e impostos em alta, assim como o grau de endividamento das famílias.